9 de Junho

Dia de Anchieta

Dia de Anchieta Você já deve ter ouvido falar no Padre
José de Anchieta, não é mesmo?

Ele foi um dos primeiros jesuítas a chegar
ao Brasil e logo percebeu que tinha uma missão pela frente: catequizar os índios
que encontrou ao longo do litoral brasileiro.

Nascido nas Ilhas Canárias (Espanha), Anchieta tinha 19 anos quando chegou
ao Brasil, em 13 de julho de 1553 e sempre foi muito empenhado em tudo que fazia,
e veja que ele tinha muitos dons: era professor de ensino primário, catequista, ensinando os princípios da religião católica aos índios, enfermeiro, ajudando a fundar hospitais e cuidar dos doentes, guerreiro, ajudando em conflitos entre os índios e os
estrangeiros e também escritor, deixando duas obras especializadas “Gramática da Língua Brasílica” e “Vocabulário Tupi-Guarani”, que tratava da língua falada pelos índios tupi-guaranis.

Ajudou a fundar as cidades de São Paulo e Rio de Janeiro, sempre trabalhando a favor dos índios. Finalmente resolveu estabelecer moradia no Espírito Santo, na antiga aldeia de Rerigtibá, hoje chamada de Anchieta. Faleceu em 9 de junho de 1597 e por isso em 9 de junho é comemorado o “Dia de Anchieta”, em homenagem ao padre.