Dia da Bandeira

Dia da Bandeira

As bandeiras são símbolos que podem representar uma nação, estado, agremiação política, recreativa ou desportiva, etc. e, seja qual for a instituição que represente, toda bandeira é carregada de simbolismo. A história nos mostra que as primeiras bandeiras que se tem conhecimento foram usadas desde as antigas civilizações, onde os povos as utilizavam para representar seus exércitos, além disso, serviam também para ser identificado pelos aliados.

Neste especial vamos falar sobre a bandeira do Brasil, símbolo de nosso país.
A bandeira nacional como conhecemos hoje foi apresentada ao povo brasileiro em 19 de novembro de 1889, quatro dias depois da Proclamação da República, justamente para marcar uma nova fase para o país e até hoje comemoramos nesta data o Dia da Bandeira. O modelo foi criado por Raimundo Teixeira Mendes e Miguel Lemos, ambos com influência política e religiosa neste início da República, e desenhada por Décio Vilares.
Cada cor tem um significado especial: o verde simboliza nossas matas, o azul nosso céu, o amarelo nossas riquezas, e o branco a paz, já as estrelas representam os estados do país. Há também a inscrição “Ordem e Progresso” no centro, que representa a arrancada concreta e irreversível para o desenvolvimento que nascera com os ideais da República.
Como a bandeira nacional é um dos símbolos mais importantes do país, há algumas regras para ser hasteada, veja só: seu hasteamento deve ser feito pela manhã e ser arriada ao fim da tarde. A bandeira não pode ficar exposta durante a noite, a não ser que seja bastante iluminada.
Ao longo da história do Brasil, tivemos várias bandeiras e para conhecer esta cronologia clique aqui.

Curiosidades:

- Uma bandeira em mau estado de conservação não pode ser hasteada. Deve ser entregue a uma unidade militar para ser incinerada no dia 19 de novembro;

- A Bandeira Nacional fica permanentemente hasteada na Praça dos Três Poderes em Brasília. Quando precisa ser substituída, só é arriada quando a nova for hasteada;

- Em alguns locais, a bandeira deve ser hasteada todos os dias. São eles: palácio da Presidência da República; residência do presidente; Congresso Nacional; nos ministérios; no Supremo Tribunal Federal; nos edifícios-sede dos poderes Executivo, Legislativo e Judiciário; em repartições consulares; em repartições federais, estaduais e municipais situadas na faixa da fronteira etc.;

- Não é permitido hastear bandeira de outro país em terras brasileiras se ao lado não estiver a Bandeira Nacional de igual tamanho e posicionada ao lado direito. A exceção é somente para embaixadas e consulados.

(fonte: IBGE Teen) 



Dicas de sala de aula