Dia de Reis

Dia de Reis

No dia 6 de janeiro comemora-se o Dia de Reis em função dos personagens que segundo alguns relatos bíblicos foram até o local do nascimento de Jesus para homenageá-lo. Na verdade, não existem referências claras a respeito dos Reis Magos na bíblia: não menciona quantos eram, se eram realmente reis e nem de onde vieram, mas os cristãos comemoram a data como uma homenagem ao nascimento de Jesus.

A historia que ficou...

Segundo historiadores, os reis magos tem a função de simbolizar o reconhecimento de Jesus por todos os povos e somente a partir do Século III esses personagens ganharam nomes e locais de origem: Melchior, rei da Pérsia; Gaspar, rei da Índia; e Baltazar, rei da Arábia. Os nomes dos reis também tem significado importantes em hebreu – Melchior significa “rei da luz”, Gaspar quer dizer “o branco” e Baltazar “senhor dos tesouros”.

Cada um deles levou um presente de significativo de acordo com o ritual da época, assim, ouro era o presente digno de um rei, incenso tinha um sentido religioso e a mirra era o presente próprio para um profeta, pois ela era usada para embalsamar corpos e, simbolicamente, representava a imortalidade.

Para chegar até onde Jesus nasceu, os reis magos saíram dos locais de origem seguindo uma estrela, a estrela de Belém e, como a distância era grande, só conseguiram chegar alguns dias depois do seu nascimento, por isso a data de 6 de janeiro.

A festa no Brasil

Aqui no Brasil a data ainda é comemorada de forma tradicional principalmente nas cidades do interior.

A festa é chamada de Folia de Reis, tem origem portuguesa e chegou ao Brasil no Século XVIII, desde então tornou-se uma festa de caráter religioso. Começa na véspera de Natal e vai até  o Dia de Reis. Neste período, todos os dias sai às ruas um grupo de cantadores e instrumentistas que percorrem a cidade entoando versos relativos à visita dos Reis Magos ao Menino Jesus. Passam de porta em porta em busca de oferendas, que podem variar de um prato de comida a uma simples xícara de café.

O grupo toca diversos instrumentos, como viola, violão, sanfona, reco-reco, chocalho, cavaquinho, triângulo, pandeiro entre outros. Há também os personagens característicos: mestre, contramestre, os três reis magos, palhaço e foliões, vestidos com roupas bastante coloridas.

Curiosidades:

Na Festa de Reis não pode faltar a Bandeira, chamada de “Doutrina”, que é feita de pano brilhante, com a estampa dos Reis Magos no centro. Para quem segue a tradição é um elemento sagrado e, quando chega nas casas visitadas, os moradores beijam-na respeitosamente e é passada sobre as camas da residência e nunca pode ser colocada num lugar menos digno.