Energia Sustentável

Energia SustentávelO ano de 2012 promete ser voltado para a conscientização ambiental
e utilização de energia sustentável, pois a ONU – Organização das Nações Unidas já estabeleceu que será o
Ano Internacional da Energia Sustentável para Todos.

Energia sustentável é a energia que pode ser utilizada sem danos
ao meio ambiente e aos seres vivos. Inclui todas as formas de energia
renovável e tem influência direta em nosso cotidiano, pois mais praticamente tudo que fazemos utiliza alguma forma de energia.

Segundo documento emitido pela ONU, o objetivo principal da campanha para este ano é“incentivar e impulsionar a conscientização para as questões energéticas, incluindo os serviços modernos de energia para todos, o acesso à disponibilidade e eficiência energética, a sustentabilidade e o uso das fontes de energia para a realização das metas do Desenvolvimento do Milênio, do Desenvolvimento Sustentável e a promoção de todas estas ações a nível local, nacional, regional e internacional”.

A ONU também apresentou dados relativos à utilização de energia a nível mundial, apontando que mais de 1, 4 bilhões de pessoas em todo o mundo não têm acesso a energia, e isso acarreta problemas de saúde, déficit educacional, destruição ambiental e, até mesmo, atraso econômico.

Formas de gerar energia renovável

O uso da energia renovável é a forma mais apropriada de gerar energia sem poluir o ambiente, pois utiliza recursos que são devolvidos ao ambiente, muito diferente dos combustíveis fósseis, que, quando utilizados, causam poluição e não se reinteram novamente ao meio ambiente. Veja alguns exemplos:

Energia solar: proveniente do sol, é captada por painéis solares e transformada em energia elétrica ou mecânica. É utilizada, principalmente em residências, para o aquecimento da água.

Energia Eólica: é aquela gerada pelo vento. Para sua captação grandes turbinas (aerogeradores), em formato de cata-vento, são colocadas em locais abertos e com boa quantidade de vento. Pode ser utilizada em residências, indústrias, fazendas, etc.

Energia Geotermal: é aquela gerada através do calor proveniente do interior da Terra. Esse calor é transformado, na usina geotérmica, em eletricidade. Sua produção deve ser feita através de rigoroso controle técnico, pois pode provocar instabilidade geológica caso seja feita de forma inadequada.

Biodiesel: é um combustível renovável, produzido a partir de fontes vegetais (soja, mamona, dendê, girassol, entre outros), misturado com etanol (proveniente da cana-de-açúcar) ou metanol (pode ser obtido a partir da biomassa de madeiras). É usado basicamente em veículos.

Biomassa: é a energia proveniente da matéria orgânica (esterco, madeira, resíduos agrícolas, restos de alimentos) produzida numa determinada área de um terreno. Essa matérias orgânica gera gases que são transformados, nas usinas específicas, em energia.

BioGas: é um biocombustível produzido a partir de uma mistura gasosa de dióxido de carbono com gás metano. A produção do biogás pode ocorrer naturalmente por meio da ação de bactérias em materiais orgânicos (lixo doméstico orgânico, resíduos industriais de origem vegetal, esterco de animal). Pode também ser utilizado para a produção de energia elétrica e para isso é necessário usar geradores elétricos específicos.

Energia renovável no Brasil e no mundo...

O Brasil é um país com grande capacidade para produzir energia renovável. Para você ter uma ideia só de energia eólica o potencial é de 350 000 megawatts, mas pelas políticas governamentais hoje produziria apenas 981 megawatts. Tudo isso sem contar com outras formas de energia limpa, como a energia solar, já que recebemos luz solar durante a maior parte do ano, em qualquer região. Assim, nosso país ainda está bem longe do caminho para utilização de energia limpa, daí a importância das ONGs e outras instituições voltadas para questões ambientais, para pressionar e cobrar dos órgãos competentes atitudes mais coerentes com o desenvolvimento sustentável do meio ambiente.

Mundo afora o quadro também não é diferente: segundo a Agência Internacional de Energia, atualmente as fontes de energia renovável são responsável por apenas 12% da matriz energética mundial. Entre os países com contribuições mais significativas está a China, que produziu cerca de 16 000 megawatts de energia renovável em 2010. Já a Índia produz 13 000 megawatts de energia eólica. Na Alemanha, 9,3% da energia produzia vem desta fonte de energia, pouco em comparação a Dinamarca, que é de 24%.

Não deixe para amanhã o que pode fazer hoje...

Em outubro de 2011 foi realizada uma audiência pública na sede da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), em Brasília. Na ocasião foram discutidas propostas para regulamentar e incentivar o uso de mecanismos para a geração de energia renovável em pequena escala, como biomassa, solar e eólica. Entre as propostas a mais próxima de ser concretizada é a possibilidade de haver desconto e reduzir o valor gasto com o consumo de energia para quem instalar painéis fotovoltaicos ou pequenas turbinas eólicas em sua residência. Muitas empresas já estão pensando, e até trocando o sistema convencional de utilização de energia pelas formas eólica ou solar, pois, mesmo sem ter incentivos do governo, a economia é imensa e a contribuição ao meio ambiente também!

E você??? Já sabe o que pode fazer agora para contribuir com a sustentabilidade da energia??? Aqui estão algumas dicas...

 

Curiosidades:

A Eco-92 ou II Conferência Mundial para o Meio Ambiente e Desenvolvimento, foi realizada no Rio de Janeiro, em junho, de 1992, reuniu 114 chefes de Estado, 10 mil jornalistas e 40 mil militantes de 3.200 ONGs. O encontro foi encerrado com a assinatura da Agenda 21, um documento de 840 páginas, prevendo uma série de estratégias globais de desenvolvimento sustentado. Em 2012, vinte anos depois, já está marcado na agenda mundial novo encontro, também no Rio de Janeiro, ocasião em que será avaliado os avanços em relação à primeira reunião, as dificuldades encontradas e a renovação de metas para o meio ambiente. Esse encontro promete!


Dicas de sala de aula