Evolução do Telefone

Evolução do Telefone

Sem dúvida o telefone deve ser o instrumento de comunicação mais usado nas últimas décadas e à medida que foi evoluindo, foi também ganhando cada vez mais adeptos.

Apesar do começo dessa história ainda não estar muito claro, tudo pode ter começado com o italiano chamado Antonio Meucci, que registrou, em 1871, a invenção de um aparelho de transmissão de voz à distância por meio da eletricidade.
Mas foi o escocês Alexander Graham Bell a pessoa considerada oficialmente como inventor do telefone. A família de Graham Bell era especialista no trabalho de correção da fala e no treinamento de portadores de deficiência auditiva. Desde sua infância, como auxiliar do pai, interessou-se em estudar os aspectos da fala humana e meios de comunicação, até que, quando já adulto mudou-se para os Estados Unidos e conseguiu apoio de empresários do ramo da telegrafia e começou a estudar o telégrafo harmônico. Foi exatamente através dos estudos e experimentos com esse tipo de aparelho que conseguiu desenvolver esse invento tão útil para todos nós.
No Brasil foi Marechal Cândido Rondon que deu início aos avanços da telecomunicações, começando por implantar as linhas telegráficas que ligavam a Amazônia às linhas existentes do Rio de Janeiro, de São Paulo e do Triângulo Mineiro à Amazônia. Este trabalho foi considerado o primeiro esforço de grandes proporções para a integração nacional através das comunicações. Por esse e outros benefícios que o Marechal trouxe às telecomunicações do Brasil ele é considerado o “patrono das comunicações”. Assim, em nosso país o dia 5 de maio, dia do nascimento do Marechal Cândido Rondon, é considerado o dia Nacional das Comunicações e 17 de maio é o dia Mundial das Telecomunicações.
Conheça a evolução das telecomunicações através dessa linha do tempo:

Século XIX

1667

O físico inglês Robert Hooke propõe o emprego de "fio esticado" para transmitir o som.

1861

Philipp Reis, professor alemão, faz as primeiras transmissões de sons musicais por meio de fios. E o telefone musical, também chamado telefone "filosófico".

1863

Primeiro sistema comercial de facsímile (fax) entre Lyon e Paris, por Giovanni Caselli.

1871

O italiano Antônio Meucci, registrou o aparelho de transmissão de voz à distância por eletricidade

1875

 Alexandre Graham Bell descobre que há outro cientista, Elisha Gray está trabalhando também em um projeto para inventar o telefone. A diferença é que o trabalho de Bell está voltado para a transmissão acústica e o de Gray é voltado para a transmissão através de corrente elétrica.

1876

Graham Bell obtém a patente nº 174.465 pela invenção do telefone, concedida no dia 7 de março, antes de Gray.

1877

 Foi instalado, no Rio de Janeiro, o primeiro telefone do país.

1878

Hughes inventa o microfone de carvão, cujo princípio é utilizado até hoje nos telefones.

Thomas Edson aperfeiçoa o receptor de voz criado por Graham Bell. Ainda neste ano é instalado, nos EUA, o primeiro telefone público.

1879

Um decreto imperial de D. Pedro II autoriza o funcionamento da primeira empresa de telefonia no país. Começam a funcionar os primeiros telefones do Rio de Janeiro. 

1883

Instalada por Walter Hemsley, a primeira estação telefônica na cidade de Santos, provavelmente a primeira do Estado de São Paulo, com 75 assinantes.

1884

Começam a funcionar comercialmente os primeiros telefones na cidade de São Paulo, por dois concessionários que se unem, fundando a Companhia Telegraphos Urbanos.

1885

Lars Magnus Ericsson, baseado nas ideias de Anton Avén e Leonard Lundqvist, coloca em prática a utilização do monofone, isto é, o acoplamento numa só peça do fone e do bocal (auricular e transmissor), fato considerado como uma revolução industrial do telefone.

1893

Padre Landell de Moura realiza com êxito, na cidade de São Paulo, as primeiras transmissões de sinais telegráficos e da voz humana em telefonia sem fio no mundo.

1896

Inaugurada a Companhia Rede Telefônica Bragantina, que talvez tenha sido a maior companhia a operar em território brasileiro naquela época. Possuía 1.641 km de linhas telefônicas.

 

Século XX

1922

É inaugurada em 30 de abril, em Porto Alegre - RS, a primeira central telefônica automática do país, a terceira das Américas.

1958

Início do sistema de discagem direta a distância (DDD), ligando a cidade de Santos – SP à capital do estado. Primeiro sistema deste tio da América do Sul.

1969

O Brasil integra-se com o sistema mundial de comunicação por satélite (Intelsat).Também neste ano a Embratel inaugura os primeiros grandes troncos de micro-ondas para telefonia.

1972

São instalados em São Paulo e no Rio de Janeiro os primeiros "orelhões" - telefones públicos nas calçadas.  

1975

O Brasil integra-se ao sistema de discagem direta internacional (DDI).

1978 

Ativada, no Japão a forma de telefonia móvel celular.

1984

Instalados pela Cetel - Companhia Estadual de Telefones do Rio de Janeiro - no Rio de Janeiro, os primeiros cabos de fibra óptica no Brasil.

1985

Em fevereiro deste ano, o Brasil é o primeiro país da América Latina a conquistar seu lugar na órbita espacial, lançando o Brasilsat - Satélite Doméstico Brasileiro.

Em junho, foi instalado o primeiro cabo de fibra óptica em São Paulo.

1990

Inicia-se o uso da telefonia móvel no Brasil e a primeira cidade a ter o serviço foi o Rio de Janeiro.

1992

Instalado, em junho, o primeiro telefone público a cartão em âmbito nacional, no Rio de Janeiro, por ocasião da ECO 92.

2000

Inicia-se a forma de acesso à Internet via celular, WAP, no Brasil.

 

Século XXI

2003

A Telefônica é a primeira empresa no Brasil a lançar comercialmente as operações do serviço de ligações locais fora de sua área original de concessão, até então no estado de São Paulo.

2007

Lançado nos Estados Unidos o Iphone, desenvolvido pela Apple, o aparelho possui funções de Ipod e câmera digital, além de ser capaz de dar acesso à internet via conexão Wi-fi. Tem grande quantidade de aplicativos, o que o torna capaz de satisfazer as mais diversas necessidades do usuário.

 

Curiosidades

Em 1876, D. Pedro II participou da primeira apresentação pública do telefone, na Exposição do Centenário da Independência dos Estados Unidos. Na exposição Graham Bell declamou, através do aparelho, um verso de Shakespeare e D. Pedro II exclamou na outra ponta: “Meu Deus, isto fala!”.


Dicas de sala de aula