Futebol

Futebol

Você sabia que o futebol é o esporte mais popular do mundo? A Copa do Mundo é o maior evento esportivo do planeta, e é realizada a cada 4 anos.  Milhões de espectadores ficam ligados nas partidas em que vários países disputam pelo título de melhor do mundo. O Brasil tem cinco títulos mundiais – pentacampeão! É para ter orgulho sim, nenhum país obteve tantos títulos!
 
O brasileiro tem verdadeira paixão pelo futebol, quase toda a criança tem uma bola de futebol no pé. Aposto que você e seus amigos adoram jogar bola, não é verdade?
 
HISTÓRIA DO FUTEBOL
A data exata do surgimento do futebol é algo que ninguém pode afirmar que sabe. A brincadeira de chutar algum objeto sempre esteve presente na história da humanidade, seja uma pedra, uma fruta ou até um crânio!

Jogos que utilizam os pés existem há milhares de anos - há registros que datam de 4.500 anos antes de Cristo. Um exemplo é o kemari, criado no Japão, na época dos imperadores Engi e Tenrei. Os nobres da corte imperial praticavam o esporte em volta de uma cerejeira. O jogo consistia em tocar uma bola feita de fibra de bambu com os pés e as mãos. Sem espírito competitivo, era executado com delicadeza e habilidade. Lembrava mais uma dança, sem haver uma pontuação.

Outro parente próximo do futebol é o Tsu-chu, que foi criado na China, por volta de 1.400 A.C. No Tsu-chu os praticantes tinham que passar uma bola por dentro de duas estacas enfiadas no chão, que ficavam dez metros distante uma da outra. A bola, com capim em seu interior, podia ser conduzida tanto com os pés como pelas mãos. No início, o objetivo principal desse esporte era o treinamento militar, mas logo os nobres se interessaram pelo jogo e começaram a praticá-lo. Tornou-se uma atividade de lazer da nobreza. Só no século II, na época da dinastia Han, o futebol finalmente chegou ao povo.
 
Na Roma dos grandes Imperadores, praticavam um esporte chamado de Harpastum. Júlio César gostava muito deste jogo, que era praticada pelas tropas do Imperador, entre uma batalha e outra. O objetivo era entreter e manter a forma física dos soldados, funcionando como treinamento para as tropas que dividiam-se em dois grupos: defensores e atacantes.

Em Florença, na Idade Média, surgiu o Calccio Fiorentino, considerado o pai do futebol moderno. O jogo era realizado na Praça Della Signoria de Florença, entre duas equipes, que poderiam usar as mãos e os pés para movimentar a bola. O gol era marcado quando a bola passava por cima de dois postes. Com o sucesso do esporte, ele chegou a Roma e era jogado em uma praça ao redor do Vaticano, tendo como praticantes os papas Clemente VII, Leão X, Urbano VIII e até Santo Agostinho (um possível motivo dos padres agostinianos serem incentivadores do futebol em suas escolas pelo mundo).
Na França, o Soule, semelhante ao Calccio Fiorentino, mas parente distante do futebol, atravessou fronteiras e chegou à Grã-Bretanha, onde evoluiu e aprimorou-se, chegando ao surgimento do rugby.

Já na metade do século XIX, este esporte evoluiu e começou a ser chamado de rugby. Entre os muitos clubes praticantes, alguns preferiam jogar a bola com os pés, chamando-o de football. Doze clubes, ou associações, adeptos ao jogo com os pés, marcaram uma reunião para tomar uma decisão: queriam praticar um esporte e com regras diferentes que as do rugby.

No encontro que ocorreu na cidade de Londres, em 26 de outubro de 1863, os clubes criaram a Football Association e adotaram as regras que haviam sido criadas pela Universidade de Cambridge. Ficou decidido que cada equipe teria no máximo onze e no mínimo sete jogadores. No decorrer dos anos a demais regras foram introduzidas e aprimoradas.

Em 1904, foi fundada, em Paris, a Fifa. Com o imenso sucesso do futebol nos jogos olímpicos, o então presidente da entidade, o francês Jules Rimet, animou-se em organizar a primeira Copa do Mundo, realizada no Uruguai e que contou com a presença de 16 seleções. Hoje é o evento mais assistido em todo o planeta.