Grandes Invenções

Grandes Invenções

Telescópio (1610)

O italiano Galileu Galilei (1564 - 1642) aponta para o céu sua recém-inventada luneta e descobre os quatro maiores satélites de Júpiter, marcando o início das pesquisas sobre o Universo
 
Máquina de calcular (1623)
O alemão Wilhelm Schickard (1592 - 1635) constrói uma calculadora mecânica capaz de somar, subtrair, multiplicar e dividir. Só em 1820 o francês Charles Xavier Thomas de Colmar criaria a primeira máquina de calcular comercial.
 
Microscópio (1683)
O holandês Antoine van Leeuwenhoek (1632 - 1723) aperfeiçoa o instrumento e passa a empregá-lo sistematicamente no estudo da biologia. Naquele ano, ele publica a primeira descrição de uma bactéria.
 
Lei da gravidade (1687)
O físico inglês Isaac Newton (1642 - 1727) publica sua grande obra, "Princípios Matemáticos da Filosofia Natural", reunindo conhecimento físico e rigor matemático. Ali, Newton descreve a lei da gravidade.
 
Máquina a vapor (1712)
O inventor da máquina a vapor não é o escocês James Watt (1736 - 1819). Mas é ele que aperfeiçoa a engenhoca criada por Thomas Newcomen. Seja como for, a máquina traz a Revolução Industrial.
 
Enciclopédia (1751)
O primeiro volume da "Enciclopédia ou Dicionário Racional da Ciência", publicado em 28 de junho pelos franceses Denis Diderot (1713 - 1784) e Jean d'Alembert (1717 - 1783), é a primeira tentativa de se reunir todo o conhecimento num só lugar.
 
Bateria elétrica (1800)
O físico italiano Alessandro Volta (1745 - 1827) faz uma corrente elétrica passar por um fio entre uma barra de zinco e outra de cobre, mergulhadas em dois recipientes com água salgada. Está criada a bateria elétrica.
 
Telégrafo (1835)
Os americanos Joseph Henry (1797 - 1878) e Samuel Morse (1791 - 1872) desenvolvem o primeiro telégrafo
 
Fotografia (1839)
O francês Louis-Jacques-Mandé Daguerre (1787 - 1851) é o pai dessa invenção, que modificou a compreensão da História, a ciência e os costumes de toda a humanidade. Em 1888, o americano George Eastman criaria a câmera de filme em rolo, a primeira Kodak.
 
Evolução das espécies (1859)
Os ingleses Charles Darwin (1809 - 1882) e Alfred Wallace (1823 - 1905) concluem que as espécies evoluem não pela herança de caracteres de seus antecedentes, mas pela seleção natural e pelas mutações ao acaso. Nesse ano, Darwin publica sua obra "Sobre a Origem das Espécies".
 
Telefone (1876)
Usando a tecnologia do telégrafo, o escocês Alexander Graham Bell (1847 - 1922) inventa um jeito de transmitir a voz a distância transformando-a em sinais elétricos.
 
Lâmpada elétrica (1879)
O americano Thomas Alva Edson (1847 - 1931) inventa a lâmpada com filamento de carbono incandescente.
 
Plástico (1888)
O químico alemão George Kahlbaum (1853 - 1905) começa a fabricar garrafas de metacrilato, na primeira utilização do plástico. Mas o material sintético só iria se tornar popular com a invenção da baquelita, no século XX.
 
Ondas de rádio (1888)
O alemão Heinrich Hertz (1857 - 1894) usa descargas elétricas para produzir as primeiras ondas de rádio, tornando possível a invenção de novos meios de comunicação, como o telégrafo sem fio, o rádio e a televisão.
 
Raios X (1895)
Quando descobriu os raios que atravessavam objetos e deixavam impressões em chapas fotográficas, o alemão Wilhelm Conrad Roentgen (1845 - 1923), pensou erradamente que eles não tinham nada a ver com a luz. Por isso foram chamados de um tipo "x" de raios.
 
Avião (1903)
No dia 17 de dezembro, os irmãos americanos Orville e Wilbur Wright (1871- 1948 e 1867 - 1912) lançam seu avião primitivo de uma rampa e conseguem mantê-lo no ar por 59 segundos. Em outubro de 1906, o brasileiro Santos-Dumont (1873 - 1932) faz o primeiro vôo num artefato motorizado sem a ajuda de rampas. Três anos depois, o brasileiro construiria o Demoiselle, protótipo dos aviões modernos.
 
Teoria da relatividade (1905)
As leis da Física estabelecidas por Isaac Newton sofrem um sério golpe na virada do século, quando o alemão Albert Einstein (1879 - 1955) publica sua teoria da relatividade, afirmando que o tempo não é uma grandeza absoluta. Ela é relativa, ou seja, varia conforme o ponto de vista do observador.
 
Antibióticos (1928)
Até que o bacteriologista escocês Alexander Fleming (1881 - 1955) descobrisse a penicilina, a humanidade era vítima fácil dos micróbios. Hoje, conhecemos um monte de antibióticos e outro tanto de bactérias resistentes a eles.
 
Energia nuclear (1942)
O físico italiano Enrico Fermi (1901 - 1958) comanda a primeira reação nuclear controlada, nos Estados Unidos.
 
Computador (1946)
É construído o Eniac, o primeiro computador (sigla em inglês para integrador e computador numérico eletrônico), com 18 000 válvulas, 1,5 metro de altura e 24 metros de comprimento. Seus criadores são John Mauchly (1907 - 1980) e John Eckart Jr. (1919 - ).
 
Televisão (1947)
Inventada vinte anos antes por Philo Taylor Farnsworth (1906 - 1971), a televisão deixa finalmente os laboratórios e invade os lares americanos pela, rede RCA.
 
Viagem à Lua (1969)
Em 20 de julho, o astronauta americano Neil Armstrong (1930 - ) deixava uma pegada humana no satélite da Terra.
 
Internet (1969)
Militares americanos criam um sistema de comunicação por computador com o objetivo de descentralizar a rede de defesa dos Estados Unidos, o Arpanet. Hoje, a internet pluga milhões de cidadãos do mundo inteiro.
 
Microcomputador (1977)
Steven Jobs e Stephen Wozniak apresentam o primeiro computador pessoal, chamado Apple II. Ele já vem todo montado. O fato inaugura a era dos computadores domésticos, que dispensam habilidades técnicas especiais por parte do usuário.
 
Clonagem (1997)
O embriologista escocês Ian Wilmut pega uma célula de ovelha e, a partir dela, constrói um animal idêntico ao original. É a primeira vez que se faz a clonagem de um mamífero adulto. O feito suscitou grande debate ético, mas, também, grande esperança na produção de novos medicamentos.
 
 
GRANDES INVENÇÕES BRASILEIRAS
 
Urna eletrônica
Carlos Prudêncio, Carlos Moretzsohn e TSE
Usada oficialmente pelo TSE a partir das eleições de 1996 o sistema informatizou o processo eleitoral, eliminando fraudes e despertando interesse até do governo americano face aos problemas nas eleições presidenciais de 2000 entre Bush e Al Gore
 
Walkman
Andreas Pavel
O brasileiro Andreas Pavel passou 27 anos tentando provar ao mundo que tinha inventado o walkman. Em 2004 ganhou sua batalha quixotesca contra a multinacional japonesa. Pavel acaba de assinar um acordo com a Sony que, segundo estimativas do mercado, pode chegar a US$ 10 milhões. Pouca gente imagina que o walkman, uma das bugigangas eletrônicas mais vendidas da História, foi uma invenção brasileira. Foi em 1972, em uma casa modernista perto do Bosque do Morumbi, que nasce o aparelhinho.
 
Rádio
Padre Landell de Moura
O italiano Marconi é considerado o pai da radiodifusão e o inventor do primeiro transmissor de ondas eletromagnéticas em 1895. Segundo os registros da imprensa da época, no entanto o crédito desta invenção deveria ser dado ao padre brasileiro Roberto Landell de Moura que um ano antes de Marconi realizava em plena avenida Paulista uma demonstração pública.
 
Quadrinhos - Ângelo Agostini
Os norte-americanos, disseminaram o mito de que é deles a criação dos quadrinhos, surgidos sob a camisola do Black Kid, de Richard Felton Outcault. Na realidade, contemporâneo aos demais ou até mesmo atuando alguns anos antes deles, se formos mais precisos, já estava no Brasil o caricaturista Ângelo Agostini, publicando nos jornais do Segundo Reinado, em linguagem gráfica, as aventuras de suas diversas personagens
 
 
Fontes:
http://www.webciencia.com/03_invencoes3.htm
http://www.inventores.com.br/sistema/home/inventoresfamosos.aspx
http://www.redetec.org.br/inventabrasil/