Páscoa - Ovos de Páscoa

Páscoa - Ovos de Páscoa

As civilizações mais antigas, como os romanos, egípcios e persas tinham o ovo (não o de chocolate!) como símbolo de renovação da terra e usavam em diversos rituais que ocorriam na época da chegada
da primavera.

Nesses rituais ovos de aves eram pintados
e oferecidos aos deuses como um pedido para que propiciassem um período de boa colheita.

Nesta época, ovos cozidos e depois decorados eram usados para presentear parentes e amigos. Essa tradição continua em muitos países até hoje.

Com o advento do cristianismo o ovo passa a ter outro significado, relacionado não só à fertilidade da terra, mas também à ressurreição de Cristo.

A partir de 1830, quando surgiram as primeiras fábricas de chocolate na Inglaterra, essa tradição ganhou outro sabor e os ovos passaram a ser de chocolate. Sem dúvida é uma delícia!!!

A tradição se espalhou...

Muitos países tem como tradição a troca de ovos de Páscoa. Na Bulgária, por exemplo, tem por tradição pintar as embalagens de ovos com vermelho brilhante, conhecidos como “kolache”.

No Canadá a organização dos ovos para presentear os familiares e feita pelas crianças nas escolas e nesta época a brincadeira de “caça ao ovo” é bastante tradicional. Essa brincadeira também ocorre nos Estados Unidos nesta época, só que de forma diferente: os ovos cozidos são decorados com tintas de diversas cores e são escondidos para as crianças encontrá-los. Em cidades menores essa brincadeira acontece nas praças principais da cidade, onde as crianças se reúnem para encontrar os ovos, escondidos por todo lugar. Também nos Estados Unidos ocorre outras brincadeiras em um local específico do jardim da Casa Branca, sede do governo norte-americano, que acaba reunindo pessoas de todo o país. Essa tradição vêm do início da década de 1870, quando crianças brincavam, durante a Páscoa, no gramado do Capitólio, na cidade de Washington. Elas levavam seus ovos cozidos e os fazem rolar na grama para ver quem conseguia conduzir o ovo mais longe.

Conhecida pelo excepcional chocolate que produz a Suíça não poderia ficar de fora dessa comemoração, só que de uma forma um pouco diferente: neste país os ovos e bolos especiais com chocolate são colocados à venda somente no domingo de Páscoa... Imaginem como ficam as confeitarias neste dia!

Na França, as crianças já acordam preparadas para buscar seus ovos que podem estar espalhados por qualquer canto da casa, inclusive no jardim.

Na Alemanha a Páscoa é bem divertida! A tradição por lá é colorir ovos cozidos, assar bolos especiais e, em algumas regiões até fazem fogueiras entre amigos para compartilhar desses quitutes deliciosos. Essa festa cristão substitui a que seus antepassados realizavam em homenagem à deusa da primavera.

Tocar flauta e dançar ao som dela é a forma que o povo da Índia escolheu para comemorar essa época. Eles também fazem comidas especiais e todos visitam seus amigos, experimentando as comidas em cada um. É costume também que o dono da casa marque a testa de seus convidados com pó colorido.

Já no México ocorre a “malhação do Judas”, em referência ao apóstolo que traiu Jesus. Ao meio dia do domingo de Páscoa, bonecos representando Judas são socados, enforcados e queimados. Em algumas cidades, Judas também é representado por uma piñata, um jarro cheio de doces que as crianças devem tentar quebrar, espalhando doces para todos os presentes.


Dicas de sala de aula