Prevenção contra Incêndios

Prevenção contra Incêndios

Muitas vezes ações simples podem evitar muitos problemas, e este fato é bem real quando falamos de prevenção de incêndios. Cigarros mal apagados, descuido na cozinha, queima de papéis no quintal, são exemplos de fatores que podem causar incêndios provocando muitas vezes danos irreversíveis na vida das pessoas, por isso é muito importante discutir esse assunto e ficar sempre atento.

 

Para evitar incêndio na sua residência fiquem atentos às informações:

- Cigarros: um cigarro mal apagado, jogado em uma lixeira com papéis ou na grama do jardim pode causar uma catástrofe, portanto, oriente que fuma a jogar tocos de cigarro somente em cinzeiros ou em caixas de areia. É muito perigoso fumar na cama ou quando estiver com sono;

- Fósforos e isqueiros: mantenha fósforos e isqueiros longe do alcance das crianças. Quando usar fósforos tenha o cuidado de apagá-los na água antes de jogar na lixeira;

- Lamparinas: evite usar lamparinas, pois não oferece segurança;

- Velas: nunca apoie velas sobre caixas de fósforos, nem sobre materiais combustíveis;

- Tapetes e cortinas: não deixe cortinas compridas ou tapetes sobre fios elétricos, em casos de curto circuito pegam fogo rapidamente;

- Ferro de passar: muitos incêndios começam por ferros de passar que são esquecidos ligados, mesmo os automáticos, quando ficam ligados por muitas horas pode acontecer do termostato quebrar e o ferro continuar esquentando e provocar incêndio;

- Botijão de gás: é importante deixá-las do lado de fora da casa para evitar que vazamentos provoquem incêndios. Mesmo assim, procure fechar o registro do gás quando não estiver em uso;

- Vazamentos de gás: se chegar em casa e sentir cheiro de gás, não acenda a luz, pois essa ação pode causar explosão. Desligue o registro e abra todas as janelas o mais rápido possível para o gás se dissipar;

- Fogão: nunca ligue o fogão quando não puder tomar do que estiver cozinhando;

- Aquecedores: na época do frio é muito comum o uso de aquecedores e é importante seguir corretamente as instruções de uso do aparelho;

- Instalações elétricas: sobrecarga na instalação elétrica é uma das principais causas de incêndio. Se a corrente elétrica estiver acima do que a fiação suporta, ocorrerá superaquecimento dos fios, podendo dar início a um incêndio. Para evitar isso, não ligue mais de um aparelho por tomada, não faça ligações elétricas provisórias.

 O que fazer em caso de incêndio na residência:

- Se vir chamas ou sentir cheiro de fumaça, avise todas as pessoas da casa, orientando para que saiam o mais rápido possível e chame os bombeiros. Deixe o número do corpo de bombeiros sempre por perto;

- Não ponha a sua vida em risco (ou a de outras pessoas) só para salvar objetos de valor. O maior valor é, sem dúvida a vida;

- Não entre em pânico;

- Não se aproxime do local do fogo;

- Se houver muita fumaça, gatinhe até à saída mais próxima. Também é importante improvisar uma mascara, utilizando um lenço molhado;

- Se o fogo pegar a sua roupa, atire-se para chão e role sobre si mesmo;

- Nunca volte atrás mesmo que tenha esquecido alguma coisa.

Nas florestas

Em locais abertos como campos e florestas também devemos tomar determinados cuidados para evitar incêndios e preservar a vegetação e a vida de todos, portanto seguem algumas dicas:

- Fogueiras: não acenda fogueiras ao ar livre sem saber se é um local seguro para isso. Se o local for autorizado, limpe a área circundante num perímetro de 5 metros com pedras e tenha atenção à intensidade do vento. Mantenha sempre por perto uma fonte de água caso ocorra algum imprevisto. Antes de abandonar o local certifique-se que apagou bem a fogueira com terra e pedras e que não restam brasas acesas;

- Cigarro: avise as pessoas que fumam para não jogar pontas de cigarros nem fósforos no chão;

- Lixo: todo tipo de lixo (plásticos, papéis, restos de comida, etc.) devem ser carregados com você e depositado em lixeiras apropriadas, pois além de poluir o ambiente, estes materiais extremamente inflamáveis e qualquer superaquecimento, inclusive pelo sol, pode causar um incêndio.

O que fazer em casos de incêndio florestal:

- Ligue imediatamente para as autoridades responsáveis, que pode ser os bombeiros ou serviços florestais;

- Se tiver certeza que não corre perigo, tente abafar as chamas, batendo nelas com ramos, ate que cheguem os bombeiros;

- Repare na presença de estranhos no local: anote descrições e marcas, cores e matrículas de veículos, tudo o que achar suspeito;

- Não dê um de curioso e fique assistindo aos incêndios, deixe livre o acesso para aqueles que combatem as chamas.

 

Curiosidade:

Veja o que ações irresponsáveis podem causar:

No dia 20 de junho de 2010, um incêndio atingiu o parque da Catacumba, região de proteção ambiental, no Rio de Janeiro. O fogo atingiu o Morro dos Cabritos, localizado entre a Lagoa Rodrigo de Freitas e Copacabana, regiões nobres da cidade. A área prejudicada foi de quatro hectares, o que equivale a quatro estádios do Maracanã. Segundo os bombeiros, o incêndio foi causado por um balão. Ainda bem que ninguém ficou ferido.
(fonte: Guia dos Curiosos)

 


Dicas de sala de aula