Teatro

Teatro

Atenção!!!
Abram as cortinas...
O espetáculo vai começar.

O palco é um lugar mágico onde as pessoas representam personagens com as mais distintas características. Longe da possibilidade de refazer uma cena se houver um erro, como acontecem com os filmes e na TV, as peças teatrais ocorrem em tempo real, sem a possibilidade de correções, portanto os atores representam as cenas como se aquilo fizesse realmente parte de sua vida, e é justamente isso que torna o teatro fascinante!

A origem na Grécia Antiga...
Desde os primórdios da civilização o homem já sentia necessidade de representar, primeiramente para fazer simulações de situações de seu cotidiano, depois para fazer pedidos ou agradecer aos deuses e só muito tempo depois o teatro evoluiu para proporcionar diversão.
Mas o que chamamos hoje de teatro surgiu mesmo na Grécia Antiga, aliás o nome é de origem grega: théatron, “lugar onde se assiste a um espetáculo, espectadores, o próprio espetáculo”.
As primeiras encenações naquela civilização foram em homenagem ao deus Dionísio, deus do vinho e da fertilidade.  No período clássico, o teatro tornou-se uma manifestação artística independente, embora os principais temas permanecessem ligados à religião e à mitologia. Os dois gêneros básicos do drama teatral foram a tragédia e a comédia.
No Brasil...
Por aqui o teatro teve origem com as representações de catequização dos índios, procurando sempre encontrar meios de traduzir a crença cristã para a cultura indígena.
Mas sua evolução foi rápida, à medida que a sociedade passava por transformações, o teatro sempre tentava de alguma forma representar a realidade.
O ano de 1948 marcou a história do teatro nacional quando o industrial italiano Franco Zampari funda, em São Paulo, o Teatro Brasileiro de Comédia (TBC). Durante a evolução do teatro brasileiro, muitos atores e diretores se destacam, a começar por Nelson Rodrigues, que tenta mostrar de uma forma muitas vezes irônica e pessimista a realidade de sua época; Maria Clara Machado, autora de clássicos do teatro infantil brasileiro, fundou o grupo experimental de teatro denominado de "O Tablado"  que formou gerações de novos atores e Cacilda Becker, considerada a primeira grande diva do teatro brasileiro entre outros.
Gêneros teatrais
Comédia: é o tipo de peça teatral voltada para diversão e para o tratamento cômico das situações, dos costumes e dos personagens.
Musical: tipo de peça teatral em que tem como ponto de atração a música, o canto, a dança para o desenvolvimento da história.
Monólogo: tipo de peça em que o ator, encontra-se só, fala consigo mesmo ou se dirige ao público, expressando seus pensamentos, as lutas interiores do seu espírito, etc.
Drama: qualquer peça de caráter grave ou patético que representa ações da vida comum.
Tragédia: peça teatral cujo enredo se desenvolve e termina necessariamente em acontecimentos fatais.
Infantil: peças voltadas para as crianças.
Depois de ler e conhecer mais sobre o teatro dá uma vontade de assistir uma boa peça, não é mesmo? Então procure a programação de teatro na sua cidade!
Também sugerimos alguns sites para você facilitar sua procura:
Guia de teatro Veja São Paulo
Guia da semana – Rio de Janeiro
Guia Belo Horizonte de teatro
 
Curiosidade
O teatro de revista foi um gênero teatral que fez muito sucesso no Brasil no final do século XIX. Trazido pelos imigrantes portugueses, esse gênero era marcado pelo humor leve e popular, acompanhado de várias cenas musicais e de danças de forte apelo sexual.

 


Dicas de sala de aula