Universo

Universo

A palavra universo (do latim universus, "todo inteiro", composto de unus e versus).

Conjunto de estrelas, planetas, galáxias e outros astros celestes inseridos no sistema espaço-temporal que obedecem às leis da física. Não sabemos o tamanho do nosso Universo porque ele é muito vasto para ser medido. Ele pode ser infinitamente grande ou conter outros Universos.

A teoria do "Big Bang" tenta explicar sua origem. Os astrônomos ponderam que seria lógico assumir que tudo começou com uma grande bola de fogo que se expandiu para formar o Universo.

Para os cientistas, tudo o que existe no universo veio de uma bolha que, há cerca de 10 ou 20 bilhões de anos, surgiu em um tipo de "sopa" quentíssima e começou a crescer, dando origem a toda a matéria que conhecemos.

Essa bolha era formada de partículas de luz (fótons) e outras partículas minúsculas, que se criavam e se destruíam o tempo todo. Os cientistas chamam essa teoria que tenta explicar a origem de todas as coisas de Big-Bang, expressão em inglês que quer dizer "Grande Explosão".

Mas nem todos os cientistas concordam sobre detalhes do Big-Bang. Uns acreditam que a matéria existente no universo formou primeiramente as galáxias, que ficaram tão grandes que se quebraram e os pedaços viraram as primeiras estrelas. Outros acham que ocorreu o contrário: primeiro surgiram as estrelas e, aos poucos, elas foram se juntando e formaram as galáxias.

Há outras teorias para explicar a origem do universo, mas por enquanto o Big-Bang é a teoria mais aceita.

 

Curiosidades

  • Os astronautas crescem quando estão no espaço.
  • Urano foi, originalmente, chamado de George em homenagem ao Rei George III da Grã-Bretanha.
  • Netuno foi o primeiro planeta do nosso sistema solar a ser descoberto pelos matemáticos.
  • Urano é o único planeta que rota pelos lados, e Vênus, o único que gira ao contrário.
  • A primeira criatura enviada ao espaço foi Laika, uma pequena cadela russa.
  • A órbita da Lua ao redor da Terra caberia perfeitamente dentro do Sol.
  • Embora os astronautas do Apollo usassem uma caneta especial de gravidade zero, no final da década de 1960, um mito urbano dizia que a NASA gastou milhões de dólares tentando desenvolver uma caneta que funcionasse no espaço, enquanto os russos usavam um lápis.

 


Dicas de sala de aula