Universo: Origem

Universo
O universo é conjunto de galáxias, estrelas, planetas e corpos celestes, alguns já identificados, mas muitos ainda desconhecidos pelo ser humano.

É impossível ter ideia de seu tamanho.

A própria origem do nome já explica isso: univérsus, ‘todo, todo inteiro; o universo’, com origem no idioma Latim.

Origem do Universo

Como ele surgiu? Os cientistas já pesquisaram muito a este respeito e atualmente a teoria mais aceita para explicar sua origem é a chamada teoria do Big Bang, ou seja, “Grande Explosão”. De acordo com essa teoria, o universo teria surgido após uma grande explosão cósmica, entre 10 e 20 bilhões de anos atrás. O termo explosão é usado porque houve uma grande liberação de energia, criando o que conhecemos atualmente como espaço-tempo.

A teoria do Big Bang tem como base a teoria da relatividade proposta pelo físico Albert Einstein (1879-1955) e também nos estudos dos astrônomos Edwin Hubble (1889-1953) e Milton Humason (1891-1972), que demonstraram que o universo não é estático, pelo contrário se encontra em constante expansão, ou seja, as galáxias estão se afastando umas das outras. Portanto, no passado elas deveriam estar mais próximas que hoje, e, até mesmo, formando um único ponto.

Galáxias e Via Láctea

As galáxias são sistemas estelares isolados no universo que possuem bilhões de estrelas, asteroides, etc. A Via Láctea é a galáxia onde está a Terra, tendo o Sol como estrela principal e outros planetas que circulam em sua órbita, por isso chamada de Sistema Solar.

Oito planetas que fazem parte do sistema solar são: Mercúrio, Vênus, Terra, Marte, Júpiter, Saturno, Urano e Netuno. Importante lembrar aqui, que até Agosto de 2006, Plutão era considerado o nono planeta, desde então passou a ser classificado como planeta anão.

Curiosidade

 

O nome Via Láctea, que significa “Caminho do Leite”, vem da mitologia grega. Segundo os gregos ela originou-se do leite derramado pela deusa Hera quando esta amamentava seu filho, o voraz Hércules.