10 Curiosidades sobre a Copa de 1970

10 Curiosidades sobre a Copa de 1970

 Dos quatro semifinalistas da Copa de 1970 (Uruguai, Brasil, Itália e Alemanha), três poderiam conquistar em definitivo a Taça Jules Rimet. Brasileiros, italianos e uruguaios tinham duas conquistas cada.

 Dois dos três preparadores físicos da Seleção Brasileira da Copa de 1970 chegaram a técnicos do Brasil em mundiais. Cláudio Coutinho, em 1978, e Carlos Alberto Parreira, em 1994. Admildo Chirol foi o único que não chegou.

João Saldanha era o técnico da Seleção Brasileira nas eliminatórias da Copa de 1970. Mas um entrevero com o presidente da República na época, Emilio Garrastazu Médici, o afastou da Copa. Médici palpitou sobre a convocação da Seleção para Copa e Saldanha respondeu que “Médici devia palpitar no ministério dele, que da seleção cuidava ele. João Havelange, então presidente da CBF, não teve dúvidas, e demitiu o treinador.

 A Seleção da Copa de 1970 era formada por: Sepp Maier(Alemanha); Carlos Alberto(Brasil), Cera(Itália), Cooper(Inglaterra) e Beckenbauer(Alemanha);Clodoaldo(Brasil),Gérson(Brasil);Jairzinho (Brasil), Muller(Alemanha), Pelé (Brasil) e Rivelino(Brasil).

O capitão da Seleção Inglesa campeã em 1966, Bob Moore, foi acusado de roubar um bracelete de ouro de uma joalheria em Bogotá. Após muitas discussões com as autoridades colombianas, o jogador foi liberado para jogar o Mundial de 1970.

 O meio-de-campo Didi, campeão com a Seleção Brasileira em 1958 e 1962, foi o técnico do selecionado peruano no mundial do México. A maior façanha do “Príncipe Etíope” foi nas Eliminatórias Sul-Americanas de 1969, quando desclassificou a Argentina.

 O goleiro uruguaio Mazurkiewicz, que ficou entre os três melhores arqueiros na copa, jogou no Brasil, mais precisamente no Atlético Mineiro, de 1972 a 1974.

O alemão Gerd Muller marcou dez gols em 1970, tornando-se o artilheiro da Competição. Com os quatro gols assinalados na Copa de 1974, Muller virou o maior goleador em copas do mundo.

Jairzinho(Botafogo),Tostão(Cruzeiro), Rivelino(Corinthians), Gérson(São Paulo) e Pelé (Santos), que formavam o meio-de-campo e o ataque da Seleção Brasileira, jogavam nos seus clubes com a camisa 10.

 

Em 1970, foi a quarta e última Copa que Pelé disputou. O Rei do Futebol marcou 10 gols e venceu três vezes a principal competição de futebol do Mundo.

Compartilhar: