Ídolos do Futebol Jairzinho

Ídolos do Futebol Jairzinho

Em 1965, Jairzinho recebeu a difícil missão de substituir Garrincha na equipe do Botafogo e na Seleção Brasileira. O garoto de 19 anos, que recém havia saído do juvenil do time carioca, não decepcionou e deu conta do recado, tanto que acabou sendo convocado para disputar a Copa do Mundo de 1966, na Inglaterra.

 

O Brasil, que havia a última edição do torneio, não conseguiu repetir a última campanha e voltou mais cedo para casa ao ser eliminado na primeira fase. Quatro anos depois, Jairzinho passou por um novo desafio e teve que batalhar muito para conseguir uma vaga no elenco que iria disputar a Copa do Mundo do México.

 

Os críticos acreditavam que ele não tinha espaço na equipe, uma vez que o técnico Zagallo já contava com diversas estrelas, como Pelé, Rivellino, Gérson e Tostão. Mas Jairzinho queimou a língua dos descrentes, tornou-se uma das sensações do time canarinho e foi o artilheiro do Brasil no Mundial, fazendo sete gols em seis partidas. Mais do que isso, marcou gols em todos os jogos, feito jamais alcançado por outro atleta campeão mundial.

 

Sua melhor apresentação foi no confronto com a Inglaterra, partida mais difícil do Brasil naquela Copa. O placar manteve-se inalterado até os 14 minutos do segundo tempo, quando o oportunista Jairzinho concluiu com um chute indefensável. Jairzinho saiu de campo consagrado e foi aclamado como o “Furacão da Copa”.

 

Depois de ter conquistado a tricampeonato pelo Brasil, o atacante atuou por mais quatro anos no Botafogo e em 1974 se transferiu para o Olympique de Marselha, onde atuou ao lado de Paulo César Caju, ex-companheiro de seleção e Botafogo. Sua passagem pela França foi rápida, pois ele foi acusado de agredir um bandeirinha.

 

Com passe livre, Jairzinho resolveu voltar para o Brasil e alugou seu futebol ao Cruzeiro. No time mineiro foi peça fundamental para a conquista da Libertadores da América, em 1976. Depois que parou de jogar virou treinador e empresário, sendo um dos descobridores do atacante Ronaldinho, da Internazionale.

 

·         Nome: Jair Ventura Filho

·         Nascimento: Rio de Janeiro, Brasil, em 25/12/1944

·         Posição: Atacante

·         Clubes: Botafogo (1961 a 1974), Olympique de Marselha (1974 a 1975), Cruzeiro (1975 a 1976), Portuguesa (1977), Noroeste (1978), Fast Club (1979), Jorge Wilstermann-BOL (1980) e Botafogo (1981).

·         Títulos: Torneio Rio-São Paulo (1966), Campeonato Carioca (1967 e 1968), Taça Brasil (1968), todos pelo Botafogo, Copa do Mundo pelo Brasil (1970) e Campeonato Mineiro (1975) e Taça Libertadores da América pelo Cruzeiro (1976).

·         Jogos pela seleção: 82

·         Gols pela seleção: 34

Compartilhar: